Curitiba tem sido escolhida por muitos turista para seus passeios. A cidade tem muitos parques e uma linha especial de ônibus que possibilita a visita os principais pontos turísticos da cidade. Venha participar do 34 º Congresso Brasileiro de Homeopatia e aproveite para conhecer nossa cidade.

Linha Turismo

A Linha Turismo é uma linha de ônibus especial, que circula nos principais pontos turísticos de Curitiba. Com ela, é possível conhecer os parques, praças e atrações da cidade.

Considerada uma das melhores do país, a Linha circula a cada 30 minutos, percorrendo aproximadamente 44 km em cerca de 2 horas e meia. O roteiro começa na Praça Tiradentes mas é possível iniciar o trajeto em qualquer um dos pontos. Para embarcar você compra uma cartela com 5 tíquetes e tem direito a um embarque e 4 reembarques. Os veículos são equipados com sistema de som para fornecer informações gravadas sobre os locais visitados em três idiomas – português, inglês e espanhol.

Conheça a Linha Turismo e tenha um belo passeio pelos pontos turísticos de Curitiba!

1. PRAÇA TIRADENTES
Marco zero da cidade, é dominada pela Catedral Basílica de Nossa Senhora da Luz, em estilo gótico, restaurada em seu centenário em 1993.

2. RUA DAS FLORES
A principal rua da cidade foi transformada no primeiro calçadão do país, em 1972. É importante eixo comercial da capital.

3. RUA 24 HORAS
Restaurada, a Rua voltou a ostentar a arquitetura que a tornou conhecida mundo afora, como os grandes arcos e o relógio com as 24 horas do dia, e reabriu com um variado mix de comércio e serviços.

4. MUSEU FERROVIÁRIO
Construído na antiga estação, conta a história ferroviária do Estado. O prédio anexo Shopping Estação abriga o Museu Ferroviário, da Farmácia, do Perfume, o Teatro de Bonecos além do moderno centro de eventos Estação Embratel Convention Center.

5. TEATRO PAIOL
Antigo paiol de pólvora construído em 1906 e reciclado para teatro de arena em 1971. Sua inauguração teve batismo do poeta Vinícius de Moraes, que compôs música especialmente para a ocasião. Símbolo da transformação cultural de Curitiba.

6. JARDIM BOTÂNICO
Criado em 1991 à imagem dos jardins franceses, tem estufa em metal e vidro, museu botânico, mata nativa, trilhas e o espaço cultural Frans Krajcberg.

7. ESTAÇÃO RODOFERROVIÁRIA/MERCADO MUNICIPAL
Sua concepção moderna e funcional representou em 1972, quando foi inaugurada, um marco no país em terminais de transporte. O Mercado Municipal é o tradicional ponto para comprar iguarias de todo o mundo.

8. TEATRO GUAÍRA/UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ
Na Praça santos Andrade localiza-se o Teatro Guaíra, um dos maiores da América Latina. À sua frente, do outro lado da praça encontra-se a Universidade Federal do Paraná, a primeira do Brasil.

9. PAÇO DA LIBERDADE
Recentemente restaurado, foi sede do governo municipal. É o único patrimônio de Curitiba tombado nas três esferas: nacional, estadual e municipal. Atualmente abriga um centro cultural.

 

10. MEMORIAL ÁRABE / PASSEIO PÚBLICO
Situado na Praça Gibran Khalil, é uma construção moderna inspirada na arquitetura dos povos do deserto. Seu interior abriga uma biblioteca. O Passeio Público foi o primeiro parque público e o primeiro zoológico de Curitiba. No início abrigava animais de grande porte. Atualmente só existem animais pequenos.

11. CENTRO CÍVICO
Sede dos Poderes do Estado do Paraná, com o Palácio Iguaçu, a Assembléia Legislativa e o Tribunal de Justiça, além da Prefeitura de Curitiba. Implantado em 1953, no centenário da emancipação política do Paraná.

12. MUSEU OSCAR NIEMEYER
Maior e mais moderno museu do Brasil. Projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, o “olho” completa uma antiga obra que ele mesmo construiu, em 1976.

13. BOSQUE DO PAPA/MEMORIAL POLONÊS
Memorial da imigração polonesa, é composto por sete casas de tronco e bosque nativo. Inaugurado em 1980, logo após a visita do Papa João Paulo II a Curitiba.

14. BOSQUE ALEMÃO
Lembra as mais caras tradições dos alemães, os primeiros imigrantes a se estabelecer em Curitiba, no século dezenove, a partir de 1833. Entre os destaques, a trilha de João e Maria, dos contos dos irmãos Grimm, a Casa Encantada, o Oratório Bach e a Torre dos Filósofos, com uma bela vista de Curitiba.

15. UNIVERSIDADE LIVRE DO MEIO AMBIENTE – UNILIVRE
Inaugurada em 1992, com a presença do oceanógrafo Jacques Cousteau, promove educação ambiental para a população em geral. É, por si só, uma lição de ecologia, integrando a arquitetura ao meio ambiente.

16. PARQUE SÃO LOURENÇO
Uma velha fábrica de cola deu lugar a um Centro de Criatividade, com cursos, oficinas e espaços para exposições.Seu lago é cercado por ampla área verde nativa.

17. ÓPERA DE ARAME/PEDREIRA PAULO LEMINSKI
Construído em estrutura tubular, o Teatro Ópera de Arame, de 1992, é um espaço mágico que se integra à natureza do local. Ao seu lado, a Pedreira Paulo Leminski é o palco dos grandes acontecimentos culturais e artísticos de Curitiba. Mais adiante, está o Farol das Cidades, biblioteca informatizada conectada à Internet.

18. PARQUE TANGUÁ
Às margens do rio Barigui, é área de lazer com grandes espaços verdes, ancoradouro, pista para caminhada e corrida, ciclovia e um túnel aberto na rocha bruta unindo os lagos. Implantado em 1996.

19. PARQUE TINGUI
O Parque Tingui lembra os primeiros ocupantes dos Campos de Curitiba, os índios Tinguis, da nação Guarani.

20. MEMORIAL UCRANIANO
O Memorial Ucraniano, no Parque Tingui, é homenagem ao centenário da chegada dos pioneiros da etnia, comemorado em 1995. Uma réplica da Igreja de São Miguel, da Serra do Tigre, em Mallet, interior do Paraná, com telhas de pinho e cúpula de bronze, é um museu.

21. PORTAL ITALIANO
O Portal sinaliza a entrada do bairro italiano de Santa Felicidade. Utiliza elementos de três edificações típicas da imigração italiana, entre elas a igreja matriz, com sua torre separada do corpo principal.

22. SANTA FELICIDADE
Colônia formada em 1878 por imigrantes italianos das regiões do Vêneto e do Trentino. Principal eixo gastronômico de Curitiba, é um desfile de casas típicas, unidades de interesse de preservação pelo valor histórico, arquitetônico ou sentimental.

23. PARQUE BARIGUI
Um dos maiores da cidade, implantado em 1972, é um dos preferidos para as caminhadas diárias do curitibano à beira do lago. Tem espaços para exposições e eventos, museu do automóvel, esportes e várias outras atividades.

24. TORRE PANORÂMICA
Suporte dos serviços de telecomunicações, permite, do mirante, uma visão de 360 graus da cidade. Seus 109,5 metros de altura equivalem a um edifício de 40 andares.

25. SETOR HISTÓRICO
As ruínas da Igreja de São Francisco de Paula, nunca concluída, o Relógio das Flores, a Fonte da Memória, igrejas antigas, casarões reciclados e transformados em espaços culturais compõem o Setor Histórico da cidade, onde um dos destaques é o Memorial de Curitiba. Aos domingos, tem feira de artesanato.

FONTE – PREFEITURA DE CURITIBA